Quem sou eu

Sempre fui uma pessoa multitask. Inicialmente, formei-me advogada pela PUC/SP; ainda advogo, na verdade. Mergulhei na meditação e fui vegetariana por algum tempo. Essa fase foi muito rica em descobrir sabores, já que fui uma criança chata que não comia muitos vegetais. Morei em uma cidade pequena durante três anos e foi lá, limitada pela escassez de lugares para comer fora, que descobri  que amo duas coisas: cães (especialmente welsh corgi pembrokes e meus três golden retrievers) e cozinha (lugar onde cresci, na barra das calças da minha mãe, comerciante no ramo de alimentos e hoje minha super companheira). Cursei Gastronomia no Senac/SP, aprendendo os “porquês” e técnicas e especialidades que me possibilitaram ser uma melhor cozinheira.

A partir daí, porque, apesar do trabalhão era o que me trazia mais alegria, todas as reuniões de família e de amigos se concentraram na minha. Cada encontro, cada festa era uma oportunidade para testar preparações, ingredientes, apresentações, montagens de mesa, etc. Com o tempo, passei a cozinhar também para amigos, amigos de amigos, conhecidos de amigos… Chás de bebê, aniversários, bodas, reuniões de trabalho…

Com tudo isso acontecendo e buscando viver inteiramente de acordo com a minha alma, decidi parar de brincar e fazer da minha maior paixão algo sério. Assim nasceu o “Comida pra Alma”.

Hoje conto com o apoio de uma equipe afiada em cozinhar com sabor, amor e competência. No projeto “Chef em Casa”, o serviço é feito por profissionais capacitados e atenciosos.

Sempre que necessário, recebo consultoria na área de vinhos de Eduardo Milan, editor de vinhos da revista Adega, meu private sommelier, enófilo nato, super estudioso e talentosíssimo e, ah claro!, companheiro de vida.

Wendy Elago

foto (2)